Publicado em / por Silvestre Saúde / em Informativos

CORONAVÍRUS – Informativo

O que é?
COVID-19 é um vírus respiratório da família do coronavírus;
– A infecção causa sintomas semelhantes a um resfriado como febre, tosse e dificuldade para respirar podendo evoluir para pneumonia.

Como ocorre a transmissão?
– O vírus pode ser transmitido de pessoa a pessoa, pelo ar ou por contato com secreções, como gotículas de saliva e catarro;
– Assim, espirros, tosse ou contato de objetos ou mãos contaminadas com a boca, nariz e olhos podem causar a transmissão do vírus.

Como posso evitar a transmissão?
– Existem medidas simples que podemos fazer para evitar a transmissão do coronavírus ou outros vírus respiratórios:

    • Lave as mãos com água e sabão ou utilize álcool em gel a 70%, várias vezes por dia;
    • Não compartilhar objetos de uso pessoal;
    • Evitar contato com pessoas próximas que tenham sinais e sintomas da doença;
    • Proteger a boca e o nariz com um lenço de papel (descartar logo após o uso) ou com o braço (e não as mãos) ao tossir ou espirrar -> lembre-se sempre de higienizar as mãos após tossir ou espirrar.

Quais os sintomas que ele pode causar?
– Os sintomas mais comuns são febre, cansaço e tosse seca;
– Alguns pacientes podem apresentar dor no corpo, congestão ou corrimento nasal, dor de garganta e diarreia.

Como é a evolução da doença?
– A grande maioria dos pacientes (aproximadamente 80%) se recupera da doença sem necessidade de tratamento especial;
– A cada 6 pacientes 1 desenvolve doença mais grave com dificuldade respiratória. Pacientes idosos e com doenças crônicas como problemas do coração ou diabetes tem maior chance de desenvolver essas complicações.

Como é feito o diagnóstico?
– O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de materiais respiratórios (aspiração de vias aéreas ou indução de escarro);
– No entanto, apenas pacientes com sintomas e com histórico de viagem ou contato devem ter material coletado.

Existe tratamento?
– Não existe até o momento nenhum tratamento específico para essa doença;
– Por ser uma doença viral, antibióticos não são efetivos e não devem ser utilizados sem indicação médica;
– Nos pacientes com doença leve é indicado repouso e consumo de bastante água, além de algumas medidas adotadas para aliviar os sintomas, conforme cada caso, como, por exemplo:
– Uso de medicamento para dor e febre (antitérmicos e analgésicos);
– Uso de umidificador no quarto ou tomar banho quente para auxiliar no alívio da dor de garanta e tosse.
– Paciente com complicações devem ser hospitalizados.

Quando procurar a emergência?
– Caso tenha sintomas compatíveis com a doença viagem recente a países listados pela OMS (organização mundial de saúde) com transmissão ou contato com pessoa suspeita;
– Na maioria dos casos, o paciente receberá alta com orientações e será acompanhado ambulatorialmente;
– Não entre em pânico;
– Não procure a Emergência desnecessariamente.

Devo usar máscara?
– Paciente com sintomas respiratórios como tosse, NÃO precisam usar máscaras;
– Apenas pacientes com sintomas compatíveis com coronavírus que tenham tido viagem recente a países com transmissão ou contato com pessoa suspeita;
– Na emergência do Hospital há disponível um kit com máscara, álcool gel e lenço de papel apenas para os casos suspeitos de coronavírus.


INFORMATIVO DO MINISTÉRIO DA SAÚDE
CLIQUE AQUI
e baixe o arquivo do Informativo oficial do Ministério da Saúde.

O Ministério da Saúde disponibilizou ainda aplicativos gratuitos sobre o Coronavírus com as seguintes funcionalidades: informações, dicas, mapa de unidades de saúde, além de uma avaliação rápida sobre a relação de sintomas relatados com a definição de caso suspeito do vírus.

BAIXE O APLIVATIVO ABAIXO:
Aparelhos Android
Aparelhos da Apple


Entre em contato para dúvidas e informações complementares:
informa.coronavirus@silvestresaude.com.br